Últimas Notícias

Ministro acompanha combate ao fogo no interior do Maranhão Destaque

Sarney Filho esteve na Terra Indígena Porquinhos, na região entre Grajaú e Barra do Corda

 

O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, inspecionou nesta quinta feira os trabalhos de combate ao fogo na Terra Indígena de Porquinhos, no Maranhão, onde vivem mais de 900 índios da etnia Canela. Os focos mais extensos foram debelados nos últimos dias, porém, o clima seco e o calor ameaçam com novos incêndios.

Acompanhado da presidente do Ibama, Sueli Araújo, o ministro esteve reunido com os brigadistas, e anunciou que irá destinar recursos para reforçar o trabalho do Prevfogo nas unidades de conservação e em áreas indígenas.

O ministro afirmou que ficou impressionando com o numero de queimadas entre a cidade de Imperatriz e a área de Porquinhos. “ as mudanças climáticas estão causando sec as prolongadas e os desmatamentos agravam o calor”, alertou o ministro.

Ele disse que apesar do corte orçamentário sofrido pelo ministério, foi possível garantir recursos para o Ibama, tanto para fiscalização como para o trabalho do Prevfogo.

“Estamos usando recursos do Fundo Amazônia e assim, foi possível aumentar as ações de comando e controle e outras iniciativas de proteção das reservas”, afirmou, citando que dados preliminares do Imazon indicam que os índices de desmatamento diminuíram 21 por cento no período 2016/2017.

Comando

Antes de viajar para a área indígena, o ministro esteve reunido com o comando central do Prevfogo, na cidade de Grajaú, de onde o combate ao fogo em três áreas indígenas está sendo monitorado. Cem brigadistas , inclusive com o apoio de índios estão estão no trabalho.

O chefe de comando de operações, Kurtis François Teixeira Baeta informou que em Porquinhos, 38 índios trabalham com as as brigadas, 12 deles contratados e os demais como voluntários e a ideia é engajar cada vez mais as comunidades no trabalho.

Os Canelas receberam o ministro com danças e fizeram pedidos.

O cacique José Aroeira querem que o governo os ajude a construir casas de alvenaria, já que, com os desmatamentos em torno da reserva, não há mais palha suficiente para a construção e reforma de moradias.

Embora os incêndios na reserva de Porquinho preocupem,o chefe da operação no local, Josiah Villa Nova, afirmou que o uso de queima controlada tem diminuído os incêndios, não somente no Maranhão mas em outros estados. A queima controlada de áreas de risco é feita ao logo do ano.

Mais

O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho anunciou, em Brasília, que o Ministério do Meio Ambiente (MMA) iniciou uma grande mobilização para o combate aos incêndios florestais em todas as unidades de conservação federais. Na sexta-feira, 1º, ele sobrevoou a área onde os brigadistas do Ibama estão trabalhando para acabar com o fogo que atingiu o Parque Nacional de Brasília nos últimos dias.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

Envie um Comentário

Preencha os campos obrigatórios antes de enviar.